x
GBC - BRASIL
GBC - BRASIL

O Green Building Council Brasil optou por disseminar no mercado o sistema de certificação LEED® (Leadership in Energy and Environmental Design®) adaptado à realidade brasileira e, portanto, trabalhando na interpretação e adaptação desta ferramenta para o mercado nacional.

Este trabalho foi iniciado em 28/01/08 e hoje já conta com a participação ativa de 78 profissionais da mais alta capacidade técnica, entre eles professores acadêmicos, projetistas, arquitetos, engenheiros, biólogos, médicos, consultores e profissionais LEED AP, associações de classe, empresas dos diversos ramos da construção civil, além de vários outros colaboradores com as mais diversas experiências profissionais e com diferentes graduações, que se doaram nesta tarefa de analisarem a versão atual do LEED-NC® Versão 2.2, para propor ao U.S.Green Building Council um projeto de regionalização do LEED para o Brasil.

"A certificação LEED é muito abrangente e temos que ter uma grande diversidade de profissionais, daí a importância de termos um grupo muito heterogêneo e com abrangência nacional, com a participação de profissionais das várias regiões do país.
Temos como meta, já acordada com o USGBC, a conclusão deste trabalho até o final deste ano, garantindo desta forma que a nova versão do LEED já possa trabalhar com os itens regionalizados para aplicação no Brasil."

http://www.gbcbrasil.org.br/

x
IAKS
IAKS

O IAKS é a Associação Internacional de Esportes e Instalações de lazer. A IAKS e seus membros formam uma rede global para a concepção, construção, modernização e gestão de instalações desportivas e de lazer. O objetivo da IAKS com seus cerca de 1.000 membros em mais de 110 países é a criação de alta qualidade, funcional e sustentável no mundo dos esportes e suas instalações. O foco está no intercâmbio internacional e na promoção da qualidade e normas.

O IAKS é a única organização reconhecida pelo Inter -Comitê Olímpico Nacional (COI) para as questões do esporte construção e facilidade. Ela colabora com o Internacional Comitê Paraolímpico (IPC) e com numerosos outros parceiros. O IAKS tem atualmente sete seções internacionais: na Alemanha, Suíça, Rússia, Polônia, Espanha, América Latina e Japão.

http://www.iaks.info/

x
CREA - SP
CREA - SP

Missão: Valorizar o exercício profissional da área tecnológica, fiscalizando, capacitando e orientando para a segurança e qualidade de vida da sociedade.

Visão: Ser reconhecido como uma organização ágil e eficaz, com credibilidade perante os profissionais e empresas da área tecnológica e a sociedade, pela qualidade dos serviços prestados.

Valores: A lealdade e a imparcialidade prevalecem em todas as nossas relações internas e externas, visualizando sempre os usuários e a sociedade como merecedores de toda a nossa atenção e cortesia. Com isso, garantimos o sigilo e a confiabilidade dos serviços, como fruto de um trabalho norteado pelo espírito de equipe, responsabilidade, ética e comprometimento pessoal com a sua missão e visão.

http://www.creasp.org.br/

x
SINAENCO
SINAENCO

A partir de 1960, a grande expansão de investimentos do Estado em infra-estrutura levou à afirmação da engenharia de projetos como setor empresarial independente no Brasil.
Paralelamente, o segmento da arquitetura brasileira vivia a consolidação do prestígio que havia conquistado na década anterior. O envolvimento de novas tecnologias e as crescentes demandas do mercado, devido ao intenso desenvolvimento industrial, exigiam um alto nível de especialização, fazendo surgir escritórios que integrassem diferentes competências e especialidades.

A criatividade e a capacidade de síntese do arquiteto ensejaram parcerias com as organizações de engenharia nos esforços de implantação de empreendimentos de grande porte e elevada tecnologia. Com o passar do tempo e a estruturação das empresas, as relações trabalhistas e institucionais tornaram-se mais complexas, deixando transparente a necessidade de uma entidade de representação da categoria econômica.

Em 1988, surge o então Sindicato Nacional das Empresas de Engenharia Consultiva e, em 1989, a arquitetura passa a integrar seu universo de representação, alterando a denominação para SINAENCO. Desde então, o SINAENCO apresenta crescimento, ano a ano, sendo o quadro atual de filiados de aproximadamente 10 mil empresas.

http://www.sinaenco.com.br

x
AsBEA
AsBEA

Fundada em 1973, a AsBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura) é uma entidade independente, de abrangência nacional, sediada na cidade de São Paulo. É a única representante desta atividade empresarial que congrega escritórios e empresas fornecedoras de produtos e serviços do setor de arquitetura e construção civil.

O seu papel é contribuir para a contínua evolução no campo da arquitetura, para a valorização da sua importância no desenvolvimento urbano e melhoria qualitativa da construção civil do País.

Os associados são escritórios de arquitetura e urbanismo e empresas fornecedoras de produtos e serviços ligados à construção civil.

A estrutura estatutária prevê a existência de Regionais, já sediadas no Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Elas obedecem a um Estatuto Social único, mas têm autonomia financeira e operacional. As empresas colaboradoras e patrocinadoras podem participar das atividades tanto da ASBEA Nacional quanto das Regionais.

(11) 3168-4982

x
CAU/SP
CAU/SP

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil - CAU/BR e os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal - CAU/UF foram criados com a Lei nº 12.378 de 31 de dezembro de 2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo no país. Uma conquista histórica para a categoria, que significa maior autonomia e representatividade para a profissão.

Autarquias dotadas de personalidade jurídica de direito público, o CAU possui a função de "orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de arquitetura e urbanismo, zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe em todo o território nacional, bem como pugnar pelo aperfeiçoamento do exercício da arquitetura e urbanismo" (§ 1º do Art. 24º da Lei 12.378/2010).

http://www.causp.org.br/

CERTIFICAÇÕES

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil - CAU/BR e os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e do Distrito Federal - CAU/UF foram criados com a Lei nº 12.378 de 31 de dezembro de 2010, que regulamenta o exercício da Arquitetura e Urbanismo no país. Uma conquista histórica para a categoria, que significa maior autonomia e representatividade para a profissão.

Autarquias dotadas de personalidade jurídica de direito público, o CAU possui a função de "orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de arquitetura e urbanismo, zelar pela fiel observância dos princípios de ética e disciplina da classe em todo o território nacional, bem como pugnar pelo aperfeiçoamento do exercício da arquitetura e urbanismo" (§ 1º do Art. 24º da Lei 12.378/2010).
http://www.causp.org.br/